"Beneath this mask there is more than flesh. Beneath this mask there is an idea, and ideas are bulletproof"
pesquisar neste blog
posts recentes

Escolha quase aleatória do dia #26

Escolha quase aleatória do dia #25

Escolha quase aleatória do dia #24

Escolha quase aleatória do dia #23

Escolha quase aleatória do dia #22

Escolha quase aleatória do dia #21

Escolha quase aleatória do dia #20

Escolha quase aleatória do dia #19

Escolha quase aleatória do dia #18

Escolha quase aleatória do dia #17

arquivos

Abril 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Outubro 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2007
Hello?

O primeiro anúncio do IPhone, transmitido ontem durante a cerimónia de entrega dos Óscares. Hello? Steve Jobs? Can you send me one of those?


tags:

publicado por lpedro às 16:10
1

Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007
Web 2.0: o vídeo

Já era um bocado tarde quando vi este post no blog do D'Arcy Norman e, talvez por isso, na altura, não lhe dei o devido valor. No entanto, desde que sou um leitor atento deste blog (que aconselho vivamente a quem quer ler, de forma crítica, estas questões da tecnologia) que me habituei a posts claros, despretensiosos e muitas vezes brilhantes acerca das questões da cultura web e do seu impacto social. E isso, do meu ponto de vista, é um contributo inestimável deste autor: o facto de ultrapassar as visões redutoras e apenas centradas na tecnologia para incluir e valorizar o mais importante da Web que são as pessoas. E por isso concordo com o D'Arcy Norman: este é um vídeo muito bom em termos de conteúdos e talvez a mais brilhante explicação, até hoje, do que é a Web 2.0. E concordo também, como é óbvio, com a mensagem fundamental do vídeo: "We are the web". Já com a questão tecno-apocalíptica...


tags: ,

publicado por lpedro às 01:18
3

Quinta-feira, 1 de Fevereiro de 2007
SL soundbytes #1
Como já devem ter tido oportunidade de ler, temos andado envolvidos na exploração de uma nova realidade - na verdadeira acepção da palavra - da Web, o Second Life (SL).
Algumas semanas depois, julgo que já é possível lançar algumas ideias com interesse e que podem ser um referencial exploratório dos potenciais impactos deste ambiente, numa série de dimensões.

A dimensão tecnológica
Do ponto de vista tecnológico, o SL é uma plataforma muito interessante. Muito embora seja ainda uma tecnologia proprietária, a recente abertura do código da aplicação cliente veio abrir novas perspectivas de evolução e integração, potenciadas pela utilização de standards abertos como o Apache e o Squid. E há a promessa de abertura do código do cliente e do servidor quando se atingir um nível de estabilização satisfatório. A ver vamos...

A dimensão da interacção
Na minha opinião, um ponto forte do SL. Intimamente ligada à arquitectura de participação e colaboração da Web 2.0., a interacção é materializada através de formas de comunicação acessíveis e apelativas que não comprometem a experiência imersiva e que capitalizam, de uma maneira ainda não muito objectiva mas plural, a informalidade da experiência.

A dimensão educativa
Um novo mundo. Nem mais. A virtualização - há quem não goste da expressão mas é, efectivamente, uma virtualização - dos ambientes de aprendizagem não é uma novidade. No entanto, há todo um novo e vasto conjunto de recursos e estratégias pedagógicas e curriculares passíveis de implementação, potenciadas pelas características deste ambiente. De um ponto de vista pessoal, o que mais me interessa no SL é essa outra face dos contextos de aprendizagem, mais informais e relacionados com os vínculos sociais e de partilha. Nestes aspectos concretos, esta parece-me uma ferramenta com muito potencial.

A dimensão (ciber)cultural
O SL é um ambiente virtual que, do ponto de vista da cibercultura, implementa uma série de ideias do imaginário ciberpunk que não são necessariamente novas mas que eram apenas ideias :-). Podem encontrar um resumo excelente dessas questões aqui. Mas há ainda a questão da propalada indústria dos conteúdos. Em muitos aspectos, o SL assume-se como um veículo promotor de uma efectiva indústria de conteúdos através da criação e comercialização de bens não tangíveis que geram um retorno financeiro.

A dimensão da experiência
Esta dimensão está, infelizmente, relacionada com o hype associado ao SL. Deste modo, sai prejudicada pelas constantes actualizações e pouca estabilidade da grid. Ainda assim é uma das dimensões mais apelativas deste ambiente. Não é muito difícil de explicar mas sugiro que experimentem!
tags: , ,

publicado por lpedro às 11:34

Uma releitura...
... muito interessante do clássico "Being Digital" de Negroponte, em que o autor faz uma análise comparativa das projecções avançadas no livro com a realidade, aqui (onde quer que seja) e agora, mais de uma década depois.

Um facto igualmente interessante suscitado por esta releitura: já se designa por clássico um livro de 1995? :-)

Quem tiver interesse pode ainda ler algumas secções do livro original aqui.
tags: , ,

publicado por lpedro às 10:44

mais sobre mim
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

29
30


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários