"Beneath this mask there is more than flesh. Beneath this mask there is an idea, and ideas are bulletproof"
pesquisar neste blog
posts recentes

Escolha quase aleatória do dia #26

Escolha quase aleatória do dia #25

Escolha quase aleatória do dia #24

Escolha quase aleatória do dia #23

Escolha quase aleatória do dia #22

Escolha quase aleatória do dia #21

Escolha quase aleatória do dia #20

Escolha quase aleatória do dia #19

Escolha quase aleatória do dia #18

Escolha quase aleatória do dia #17

arquivos

Abril 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Outubro 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2010
Identidade, continuidade e quebras: o caso da mudança de plataforma de blogs

A decisão de começar a escrever a sério neste blog foi muito pensada e ponderada.


Isto de ser profundamente analítico acerca do que se faz tem destas coisas. A maior parte das vezes, esse atributo também é uma boa desculpa para adiar o que não se tem vontade de fazer. Mas não é esse o caso concreto, pelo que passo a explicar.


Em boa verdade custa-me abandonar o blog inicial onde, ao longo de mais de 2 anos, fui partilhando textos sobre assuntos distintos e diversos. Apesar desse blog não ter, ao nível dos conteúdos, uma estrutura definida e uma linha de pensamento completamente inteligível para o comum dos mortais (estava para usar aqui uns termos caros e pomposos - como genialidade e serendipidade - mas vou-me abster :P), a mudança para uma nova plataforma de blogs implica, inevitavelmente, uma perda de continuidade e de ligação afectiva próxima com o que escrevi. E o que daí resulta é, do meu ponto de vista, uma quebra fundamentalmente emocional.


Não me apetece entrar em grandes detalhes psico-sócio-filosóficos sobre estes aspectos. Por isso, fica apenas uma nota, pessoal: como é óbvio, eu sou um estilhaço de actos, atitudes e opiniões que se projectam e materializam das mais diversas formas e nos mais diversos suportes. O que está escrito naquele blog, com maior, menor ou nenhuma inspiração, sou eu, o que eu penso e o que me apeteceu dizer sobre aspectos a que dei/dou importância. Como não deixei de ser essa pessoa, não sinto que esta mudança seja apenas uma mera mudança de plataforma. Sinto-a como um corte com algo que sou, que a dada altura decidi escrever e em que me revejo. Mas adiante...*


Dada a minha ligação (também afectiva, lá está) com o projecto SAPO Campus, parece-me idiota não utilizar esta plataforma para esta dimensão da minha presença online.


E por esse motivo, sem mais delongas e perturbações de id, considerem este blog oficialmente aberto. Sempre que me apetecer e que tiver algo que me apeteça partilhar pela escrita é aqui que o vão encontrar.


 * Não, não é possível a migração dos posts para esta nova plataforma. Com muita pena minha :(


tags: , , ,

publicado por lpedro às 17:07

mais sobre mim
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

29
30


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários