"Beneath this mask there is more than flesh. Beneath this mask there is an idea, and ideas are bulletproof"
pesquisar neste blog
posts recentes

Escolha quase aleatória do dia #26

Escolha quase aleatória do dia #25

Escolha quase aleatória do dia #24

Escolha quase aleatória do dia #23

Escolha quase aleatória do dia #22

Escolha quase aleatória do dia #21

Escolha quase aleatória do dia #20

Escolha quase aleatória do dia #19

Escolha quase aleatória do dia #18

Escolha quase aleatória do dia #17

arquivos

Abril 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Outubro 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Quinta-feira, 20 de Outubro de 2011
Escolha quase aleatória do dia #2

emigrar

(latim emigro, -are, sair de, mudar de habitação) 

v. intr.

 

1. Sair da sua região ou do seu país para se estabelecer noutro.

2. Mudar de região, anual ou periodicamente.

 

linear 

(latim linearis, -e, feito de linha) 

 

adj. 2 g.

1. Relativo a linha ou a linhas.

2. Em que só se empregam linhas.

3. Que segue a direção de uma linha (ex.: percurso linear).

4. Alongado e estreito, semelhante a uma linha.

5. Que é sequencial ou direto.

 

Este fenómeno da emigração não me é estranho. Ao longo das gerações, a minha família sempre procurou melhores condições de vida nem que para isso tivesse que abandonar Portugal.

Apesar disso, eu tenho sentimentos confusos relativamente à emigração. Ultimamente não há um dia em que não pense que, por um lado, é aqui que devo dar o meu contributo para que a minha filha possa viver num país que seja melhor, mais justo e que lhe dê mais oportunidades do que deu aos seus antecessores.

Por outro lado, as experiências que resultam de uma situação em que saímos da nossa zona de conforto podem ser enriquecedoras e definidoras da forma como enfrentamos desafios e, em última análise, da nossa postura/atitude perante as adversidades.

E é por isso que estas análises nunca são lineares. 

Nos últimos tempos assisti à partida de muitos amigos, ex-alunos ou meros conhecidos à procura de melhores condições de vida no estrangeiro. Só lhes posso dizer isto: força e muito sucesso! Se isso não estiver, de todo, nos vossos planos, considerem a hipótese de voltar e de tornar o nosso país melhor com o vosso talento, capacidades e com a vossa forma transformada de ver o mundo.

 

 

 


tags: ,

publicado por lpedro às 12:12

mais sobre mim
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

29
30


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post